Eu lavei o rosto quando você disse que estava chegando. E tentei sorrir sinceramente. Eu queria te ver, mas o momento era tão inapropriado. Eu estava chorando há mais de uma hora, você não sabia de nada, mas adivinhou quando me viu. Seu abraço foi forte e quente, como deve ser um café. Seu olhar foi doce e me acolheu. “Você estava chorando? Seu rosto está vermelho... Não, não chora... Ou chora, se precisar.”. E me abraçou de novo. Forte. E todo o peso das minhas costas diminuiu. Sorri de verdade, porque você estava aqui quando eu nem pedi e porque há algum tipo de ligação entre nós que eu nem ouso entender. Eu poderia te dar um beijo, mas não o faria. É tão além do físico. Uma conexão entre almas deve ser algo tão raro e existe com nós dois. Não sou sua namorada, talvez nunca venha a ser. Você talvez não se torne mais do que um cara que conheci quando era jovem, mas vai ser sempre o homem que amei profundamente. Os anos passam, mas o sentimento não muda. Você diz que somos iguais no que importa e diferentes no que precisamos, mas você vai embora enquanto eu sempre fico. E sabemos que eu vou estar sempre esperando e que a porta só vai ficar encostada, porque você pode perder a chave pelo caminho. E quando eu chorei encostada no seu ombro, e senti sua respiração perto, o mundo ficou mais devagar. Eu levantei o rosto e disse que estava cansada. Você disse que eu era tão adulta... E então eu sonhei feito criança, te contei dos sonhos lindos que eu quero realizar. E acreditei quando você disse que eu conseguiria. Que todos os sonhos aconteceriam, os do meu mundo paralelo e os do mundo real também. Mas que a distância aumentava com o tempo e, que, um dia não seríamos mais do que uma mera lembrança um para o outro. O choro, você fez parar. O medo, não.  Eu sinto sua falta, mais do que fui capaz de dizer. E eu te daria todas as minhas tardes de sol e todos os meus domingos nublados, se fosse preciso. Amor é pouco para nós dois, e é por isso que não sei se daria certo. Romances espirituais transcendem os nossos corpos. Eu transcendi quando te conheci e toda vez que te encontro.



12 Comentários

  1. Caraca! Que lindo texto. FB: garotas-sentem.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Linda reflexão do amor não correspondido. do medo de se declarar para o melhor amigo, do sentimento sublime que é a gratidão. Adorei a parte "E eu te daria todas as minhas tardes de sol e todos os meus domingos nublados, se fosse preciso. " Parabéns!!
    Um beijo.


    FB - http://www.natimusbeauty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Renata! Obrigada! Beijo

      Excluir
  3. Nossa, que texto lindo! Tem uma forma tão peculiar de usar as palavrase nos fazer visualizar, sentir. Parecia comigo em uma fase da minha vida que hoje ao lembrar, sorrio...amei em segredo, deixei passar...

    Tenha uma excelente e abençoada semana!!
    Alessandra Ramos
    FB
    Blog Diva Todo Dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Alessandra!
      Ótima semana para você também!

      Beijo

      Excluir
  4. Lindo texto querida, me emocionei lendo e relembrando algumas situações que se passaram a muito tempo, revivi cada detalhe.
    Beijos!
    http://belezasimplicidade.blogspot.com.br/
    FB

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Grace! Fico feliz por ter levado emoção até você através do meu texto!
      Beijo

      Excluir
  5. acho que o sentimento de perfeição não é algo que devemos alimentar
    isso destrói as pessoas
    quando vc fala tudo a respeito dessa pessoa do texto
    a palavra implicita é perfeição
    a pessoa é tão perfeita que talvez vc nao mereça ela
    eu me sinto assim
    num minuto quero me casar com ele
    no outro percebo que ele merece alguem melhor do que eu
    enfiimmmm

    marcellepires.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcelle! Realmente é uma possibilidade de interpretação! Particularmente, o que posso dizer é que, ao reler o texto muito tempo depois de tê-lo escrito, o que me vem à mente não é a perfeição de um ser, porque não acredito neste conceito. Digamos que, para mim, a questão do texto é uma faca de dois gumes: por um lado, sei da reciprocidade do sentimento; do outro, sei que não é o "nosso" momento, não por enquanto, não ainda, talvez um dia estejamos consonantes em nossos desejos e momentos de vida, mas quem sabe um dia, né... Obrigada pelo comentário! Beijo

      Excluir
  6. adorei o texto ótima reflexão sobre sentimentos
    vc tem muito talento parabéns :)

    FB

    http://blogoimana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

♥ Se for comentar evite "copia e cola" e comentários sem sentido, eles serão ignorados.
♥Reflita: Se você não se interessa em comentar algo que condiz com o conteúdo escrito, como posso me interessar em conhecer o seu?

Obrigada pela compreensão e pela visita.
Beijos, A equipe.